What happened to Miss Spring?

Continuo com frio e este ano quase nem dei conta das flores da minha ameixeira do quintal. Não me lembro sequer de a ver toda florida como costumava. Pode ser que eu não tivesse estado presente. Pode ser que as flores tenham fugido da chuva, caídas na água do tanque. Vou ter menos ameixas. São pequeninas, quase cerejas, vermelhinhas e doces, mas só no Verão. Se eu estiver por lá. Se elas não caírem também no chão e na água do tanque.

Tentei, apesar da ausência, fotografar alturas diferentes da floração. As flores mexem-se devagarinho. Só tenho de me aproximar, estudá-las um pouco, procurar a cor e a luz, experimentar. Têm um sorriso que dura a eternidade, sem amarelecer, sem perder brilho, sem enrugar.

Anúncios

4 Comments Add yours

  1. Isabel Gil diz:

    Eu tenho umas florzinhas de jasmim que me perfumaram a alma…

    1. Sara Augusto diz:

      A tua alma já nasceu com perfume, querida!

  2. Gosto muito do sol. Aprendi, no entanto, a enorme beleza da chuva…

    1. Sara Augusto diz:

      Também gosto da chuva. Sobretudo gosto de fotografar com chuva e depois da chuva. E de acordar e adormecer a ouvi-la. Gosto sobretudo de me sentar no meu sofá e vê-la cair no pátio.
      Um abraço para ti.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s