Excelência em Humanidades

***

Foi o primeiro artigo no Correio Beirão. Tirei a fotografia da Professora Ofélia Paiva Monteiro na Sala Ferreira Lima, Faculdade de Letras, em Coimbra.

Ofelia Paiva Monteiro sara augusto

 

Excelência nas Humanidades: Ofélia Paiva Monteiro 

Abro o correio e a internet e de vários quadrantes me chega a notícia que tanto me alegra: o Prémio Virgílio Ferreira 2014, instituído pela Universidade de Évora em 1997, foi atribuído à Professora Doutora Ofélia Paiva Monteiro, professora catedrática aposentada da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Para quem conhece o magistério da Doutora Ofélia e a sua produção ensaística, centrada nos últimos anos sobre Almeida Garrett, mas também em outros autores significativos da Literatura Portuguesa e da Literatura Francesa, esta atribuição é por demais justa.

Qualquer aluna das faculdades de letras em Portugal ouviu falar de Ofélia Paiva Monteiro. Não fui sua aluna, mas tenho outras sortes que outros não têm. Acompanho o trabalho que a professora continua a desenvolver, sempre com o mesmo rigor e com a mesma alegria, como se dele viesse ânimo para os dias em que a idade possa eventualmente pesar mais. Ouço sempre com agrado as suas conferências ditas numa voz incisiva e bem-disposta, como se o que dissesse não fosse importante, como se a argúcia que coloca nos argumentos fosse dispensável e nós fizéssemos um imenso favor em ouvi-la. Sento-me ao lado dela nas nossas reuniões e projetos do Centro de Literatura Portuguesa, aconchego-lhe a cadeira e pouso-lhe a bengala num lugar próximo, respondendo à curiosidade com que sempre pergunta pelos meus trabalhos. E oferecemos boleia uma à outra porque, e esta é a melhor parte do bolo, somos vizinhas na mesma rua. E não há nada melhor que um passeio na rua, quando o sol brilha e as árvores estão verdes, tendo por companhia uma das senhoras mais doces, mais elegantes, e mais inteligentes do panorama académico e cultural português.

A entrega do prémio será no dia 3 de março, pelas 15 horas no Colégio do Espírito Santo, na Universidade de Évora. Depois da publicação do volume Uma Coisa na Ordem das Coisas: Estudos para Ofélia Paiva Monteiro, homenagem do Centro de Literatura Portuguesa, em 2012, a atribuição do Prémio Virgílio Ferreira é mais uma demonstração do apreço pela excelência de uma forma de estar que devia deixar escola na universidade portuguesa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s