Francesco

  Tenho pensamentos que, se conseguisse realizá-los e torná-los vivos, acrescentariam uma nova luz às estrelas, uma nova beleza ao mundo e um maior amor ao coração dos homens. Livro do Desassossego. Parei ao lado e estendi a mão… e toda aquela luz e cor, como vidro soprado no forno, caiu no chão, multiplicada em bolas…

Dois anos

Ouve o que diz a mulher vestida de sol quando caminha no cimo das árvores «a que distância deixaste o coração?» José Tolentino Mendonça, A que distância deixaste o coração Passaram dois anos. Tenho andado mais por veredas e caminhos sombrios que por largas avenidas luminosas, mas da sombra vem a luz e a criação, mesmo…

Salamanca ou a Memória do Minotauro

E porque tudo nasce e lacera o teu corpo de embriaguez, e tudo é espanto e paisagens abertas – tu és a boca do sol. João Rasteiro, Salamanca ou a Memória do Minotauro, 2014.   Escolhi este poema do livro porque foi aquele que o João já escolheu para uma das fotografias deste grupo, agora…

Where is my silver road?

Esta é, discreto peregrino, a relação da minha história, em que fui dilatado, para vos mostrar a variedade, que o mundo faz com suas mudanças, o pouco prémio, que interessa, quem o segue, o como no melhor falta, como só o buscar a Deus é caminho seguro, estrada prateada sem perigos, vida, em que só…