She’s got the look

Why must a photograph be a mirror?

William Kleine.

Só se for uma mîse-en-abyme... abrindo portas sobre portas para a imaginação, como um corredor que se prolonga indefinidamente, multiplicando pormenores.

Ela olhou, na altura certa. E toda a leitura da fotografia se deslocou, estabelecendo um percurso distinto. A fotografia não é um espelho… são arestas que se ferem, são olhos que se observam, são planos que comunicam ferozmente uns com os outros em níveis distintos.

_MG_4888
© Sara Augusto, 2104

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s