Jessabel

Chama-se Jessabel. Pequena, morena, cabelo longo e liso, olhos meio rasgados, sorriso fácil e ternura nos gestos.

Jessabel, é o meu nome, mas é complicado de dizer. Podes chamar-me Bella.

Chamo-lhe Bella, sim, como me pediu.  Jessabel, um nome que ressoa miticamente dentro de mim, nome de rainha, nome de poder e rebeldia, não diz toda a doçura do abraço que me dá e do hello, sister, com que me recebe, quando nos encontramos na rua e no elevador.

Por Jessabel vou conhecendo uma realidade que acontece ao meu lado e de que vou sabendo, sem lidar directamente com ela. Faz parte das coisas de Macau… habituamo-nos a pensar assim.

Sister, precisas de comer e descansar. Não podes trabalhar apenas. Se quiseres faço-te comida. Sorrio quando ela se preocupa comigo. Era eu que me devia preocupar com ela, com esta menina sozinha em Macau, longe da família, sem horários de trabalho, sem lugar que chame seu. Apenas com aquele sorriso doce que me ilumina quando a encontro.

Não, Jessabel, não quero que cozinhes para mim, a tua forma tão simples de dar amor. Quem deve cozinhar para ti sou eu. Sou eu que devo cuidar de ti. E traz-me dessas mangas das Filipinas, sim, doces e sumarentas como o teu coração.

Gostas tanto das flores de lótus como eu. Para ti.

 

© Sara Augusto 2017 Macau

_E7A7400

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s