Jessabel

Chama-se Jessabel. Pequena, morena, cabelo longo e liso, olhos meio rasgados, sorriso fácil e ternura nos gestos. Jessabel, é o meu nome, mas é complicado de dizer. Podes chamar-me Bella. Chamo-lhe Bella, sim, como me pediu.  Jessabel, um nome que ressoa miticamente dentro de mim, nome de rainha, nome de poder e rebeldia, não diz toda…

Longzhou Shehuo: Traces and Visions

Nas suas fotografias, Wu não pretendeu obter um efeito visual esteticamente belo, focando-se, pelo contrário, na expressão espiritual autêntica e nos costumes das comunidades indígenas. Já queria visitar a exposição Traces and Visions, com fotografias de Wu Xiaopeng, na Galeria de Exposições Temporárias do Instituto Cultural de Macau, há algum tempo. E fui, assim resolvida…

Tenho muitas coisas para vos dizer

  Tenho muitas coisas para vos dizer… e foram ditas, com um afecto tão verdadeiro que nem eu esquecerei. Tenho ainda muitas coisas para vos dizer, mas não as podeis compreender agora. Quando vier o Espírito da verdade, Ele vos guiará para a verdade plena; porque não falará de Si mesmo, mas dirá tudo o…

O império do tempo

Dias diferentes são dias em que faço coisas que não costumo, em que me alegro, em que me zango, em que repito asneiras, em que faço asneiras novas, em que acerto em alguma coisa. Mas talvez isto seja o meu dia a dia… nada tem de novo. Hoje andei entre o Mosteiro de Fornos de Maceira…

Livraria alfarrabista

*** Comprava livros num alfarrabista quase no cimo da Rua do Comércio onde passava todos os dias. Contava os trocos que sobravam da mesada e pedia ao dono para mos guardar quando não podia comprá-los. Ele não guardava… mas costumavam estar lá quando eu voltava. Não eram caros, nem eram edições boas, nem antigas, nem especiais,…

Sala de São Pedro

* ** A Sala de S. Pedro, na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, costume ser palco de conferências, palestras e exposições. A última conferência a que assisti neste espaço foi proferida pela professora Gilda Santos, coordenadora-geral do pólo de pesquisa do Real Gabinete Português de Leitura.  Fica-lhe prometida uma série de fotografias com outros ângulos da…

O voo das andorinhas II

*** No dia 25 de abril, na Praça 8 de Maio, em Coimbra, a Academia de Dança do Centro Norton de Matos apresentou uma hora de dança, com interpretações dos seus bailarinos, dos mais meninos aos mais velhos. Fiz uma selecção das minhas fotografias preferidas.

Gilda Santos

*** Hoje, na Sala de S. Pedro, na Biblioteca Geral, teve lugar uma palestra proferida pela professora Gilda Santos sobre os “Estudos Portugueses no Brasil”. A professora Gilda foi apresentada pelo director da Biblioteca, o Professor José Augusto Cardoso Bernardes, acompanhado por docentes e alunos da Faculdade de Letras. Conheci a Gilda no Rio de Janeiro, quando…

Sobre o desengano barroco

*** La perspectiva de desengaño se fundamenta en el tiempo y la muerte. Se siente la angustia del existir como camino hacia la muerte: «sepultura portátil» llamará Quevedo al cuerpo. La vida es un sueño; la apariencia de riqueza y poder, una vanidad. Ignacio Arellano, «Introducción» a Poesía del Siglo de Oro (Antología), Madrid, Editex, 2009, 11….

A noção de ser

*** Há um sussuro morno sobre a terra; degladiam-se luz e trevas pela posse do Universo; sente-se a existência a penetrar-nos nas veias vinda lá de fora através da janela; cresce a alegria na alma a Vida murmura-nos doces fantasias. Tangem sinos na madrugada vai nascer o sol. A. Agostinho Neto, Amanhecer. Relembro as aulas…

Os contos de ukamba kimba

*** Às vezes deixo passar o tempo sem dar notícia das coisas que gosto. No dia 11 de abril foi apresentado num dos auditórios da Faculdade de Letras (o que tem a luz mais bonita do fim da tarde), em Coimbra, o livro póstumo de João-Maria Vilanova, Os contos de ukamba kimba (Vila Nova de Cerveira, Nóssomos, 2013), uma edição…

Aquário de memórias

*** Entre imagens é uma série de documentários que a RTP2 está a passar às segundas feiras. No dia 18 foi a vez do episódio sobre o trabalho de José Manuel Rodrigues. Ia vendo, ouvindo e fazendo mais uma coisa qualquer, mas fui ficando presa quando reconheci algumas coisas de que também tenho alguma (pouca)…